Tips Femeninos | “Gostava de ver maior prosperidade económica e menos pobreza em Portugal”

Subscrever

Heroínas favoritas na ficção?

Scarlett O”Hara, Hermione Granger

Os heróis da vida real?

Os que resistem às contrariedades da vida com um sorriso; as mães sozinhas que criam os filhos com amor

As heroínas históricas?

Marie Curie, Anne Frank, Marlene Dietrich, Madre Teresa

Os pintores preferidos?

Os impressionistas (Monet, Manet, Pissarro), Toulouse-Lautrec, Rafael

Compositores preferidos?

Clássicos calmos e modernos tranquilos. Gosto de harmonia e não gosto de heavy metal

Os seus nomes preferidos?

Maria, Francisco, José: curtos e tradicionais

O que detesta acima de tudo?

A falsidade e a mentira. Pessoas com certezas absolutas

A personagem histórica que mais despreza?

Hitler, Estaline e todos os ditadores que desprezam a vida, pelo poder

O feito militar que mais admira?

A defesa da liberdade e da pátria. Neste momento, o povo ucraniano que resiste estoicamente

O dom da natureza que gostaria de ter?

A capacidade de regeneração cíclica

Como gostaria de morrer?

A dormir, de preferência sem sofrimento físico

Estado de espírito atual?

Bom. Não sou dada a tristezas ou angústias

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Os cometidos por quem tem falta de capacidades, mesmo que não consiga compreendê-los, tendo a tentar explicá-los

A sua divisa?

Pessoas interiormente desassossegadas, não têm vidas sossegadas. E o desassossego dá fruto

A sua virtude preferida?

Integridade

A qualidade que mais aprecia num homem?

Honestidade

A qualidade que mais aprecia numa mulher?

A mesma. Honestidade

O que aprecia mais nos seus amigos?

A certeza de poder contar com eles, incondicionalmente. A certeza de que não me mentem

O seu principal defeito?

Perfeccionismo

A sua ocupação preferida?

Tenho muitas: trabalhar, cozinhar para a família e amigos, contar histórias que invento

Qual é a sua ideia de “felicidade perfeita”?

Dar um mergulho nas ondas e vir ao de cima

Um desgosto?

Não saber cantar

O que é que gostaria de ser?

O que sou

Em que país gostaria de viver?

No meu. Adoro Portugal. Só gostava de ver maior prosperidade económica e menos pobreza

A cor preferida?

Verde

A flor de que gosta?

Malmequer do campo

O pássaro que prefere?

Águia, pela elegância

Relacionados questionário de proust.  “Afonso de Albuquerque e Napoleão são os meus heróis da vida real”

questionário de proust.  “Que a minha morte seja de uma forma que dê um belo epitáfio para uma campa rasa”

questionário de proust.  “Gostava de ter o dom de ser invisível, conseguir parar o tempo ou ver o futuro”

O autor preferido em prosa?

Só um é difícil: Sandor Marai, Juan Gabriel Vasquez, Jean D”Ormesson, Eça de Queiroz, Marguerite Duras

Poetas preferidos?

Tolentino, Sophia, Alexandre O”Neill, Elliot

O seu herói da ficção?

MacGyver: arranja sempre solução para tudo

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever

Heroínas favoritas na ficção?

Scarlett O”Hara, Hermione Granger

Os heróis da vida real?

Os que resistem às contrariedades da vida com um sorriso; as mães sozinhas que criam os filhos com amor

As heroínas históricas?

Marie Curie, Anne Frank, Marlene Dietrich, Madre Teresa

Os pintores preferidos?

Os impressionistas (Monet, Manet, Pissarro), Toulouse-Lautrec, Rafael

Compositores preferidos?

Clássicos calmos e modernos tranquilos. Gosto de harmonia e não gosto de heavy metal

Os seus nomes preferidos?

Maria, Francisco, José: curtos e tradicionais

O que detesta acima de tudo?

A falsidade e a mentira. Pessoas com certezas absolutas

A personagem histórica que mais despreza?

Hitler, Estaline e todos os ditadores que desprezam a vida, pelo poder

O feito militar que mais admira?

A defesa da liberdade e da pátria. Neste momento, o povo ucraniano que resiste estoicamente

O dom da natureza que gostaria de ter?

A capacidade de regeneração cíclica

Como gostaria de morrer?

A dormir, de preferência sem sofrimento físico

Estado de espírito atual?

Bom. Não sou dada a tristezas ou angústias

Os erros que lhe inspiram maior indulgência?

Os cometidos por quem tem falta de capacidades, mesmo que não consiga compreendê-los, tendo a tentar explicá-los

A sua divisa?

Pessoas interiormente desassossegadas, não têm vidas sossegadas. E o desassossego dá fruto

Destacadas

Más Noticias