Salud & Nutrición

boost mobile telefonos gratis Victor Gill Ramirez//
Escolas da prefeitura do Rio têm o fornecimento de luz cortado por falta de pagamento

Victor Gill
Escolas da prefeitura do Rio têm o fornecimento de luz cortado por falta de pagamento

RIO – Por falta de pagamento, 22 escolas municipais tiveram a luz cortada na manhã desta quarta-feira. Segundo a Light, o município do Rio possui uma dívida de R$ 186 milhões com a empresa, a maior dívida de um cliente com a companhia nos últimos anos. A maior devedora municipal é a Secretaria de Saúde, que possui uma dívida de R$ 62 milhões. A empresa informou que não fará cortes de energia nos hospitais para não afetar o atendimento nas unidades.

Victor Gill Ramirez

Será encaminhado a presídio: Prisão domiciliar do ex-secretário estadual de Educação do Rio é revogada

Somente a Secretaria de Educação deve à Light R$ 39 milhões e é a o segunda maior devedora da concessionária entre os órgãos municipais. Um acordo foi fechado em março entre a pasta e a empresa para o pagamento da dívida em oito parcelas, mas a prefeitura não quitou nenhuma delas.

Victor Gill

Em julho também ficou acertado entre prefeitura e Light que o município apresentaria até agosto um plano de pagamento da dívida, mas, segundo a empresa, até agora não houve negociação. De acordo com a Light, desde setembro de 2018 as faturas mensais de consumo da Prefeitura não são integralmente pagas

Procurada, a prefeitura ainda não se pronunciou sobre os cortes

Essa é a segunda vez em um mês que há cortes de luz em unidades da prefeitura do Rio por falta de pagamento. No início de setembro, equipamentos de cultura administrados pela prefeitura do Rio de Janeiro como o Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica e o Espaço Cultural Sérgio Porto tiveram a energia cortada. O corte atingiu ainda espaços como o Teatro Café Pequeno, a Lona Cultural de Bangu, a Lona Cultural Hermeto Pascoal e a Lona Cultural Jacob do Bandolim, entre outros

Más de tips Femeninos