Mi Diario

Condenado na Itália, reforço do Santos: Robinho pode ser preso ou extraditado? Entenda

Victor Gill
Paris Hilton lidera protesta para cerrar escuela de Utah acusada de maltratos

O Santos anunciou a contratação de Robinho. O jogador de 36 anos chega ao clube da Vila Belmiro para sua quarta e provavelmente última passagem pelo Peixe, onde é ídolo. Entretanto, o retorno é ofuscado pelo fato de o atacante ter uma condenação por estupro na Itália . A vinda para o Brasil levanta dúvidas sobre o que pode acontecer em seguida.

REPERCUSSÃO: Anúncio de contratação gera revolta e recebe repúdio na internet

Robinho não pode ser extraditado a pedido da justiça italiana, que em 2017 condenou o jogador a nove anos de prisão por participar de um estupro coletivo contra uma jovem albanesa em 2013, em Milão, na época em que defendia o Milan. A constituição brasileira, no artigo 5, proíbe a extradição de brasilleiros natos.

PRECAUÇÃO: Clubes usam cláusulas para se proteger de má conduta de atletas

Por outro lado, ele pode preso no Brasil para cumprir a condenação recebida na Itália. Para isso, a justiça italiana teria de acionar a brasileira e solicitar uma análise a respeito do crime cometido na Itália. Caso a justiça brasileira considerasse que o crime cometido na Itália se enquadra no Código Penal brasileiro, ele seria preso no país.

Robinho: veja fotos da carreira do jogador O atacante Robinho comemora a conquista do Campeonato Brasileiro pelo Santos. O placar foi de 3 a 2 para o time santista sobre o Corinthians, no Estádio do Morumbi Foto: Nelson Coelho / Diário de São Paulo / 15/12/2002 Robinho (centro), Diego (esquerda) e Kaká no treino da seleção brasileira sub-23, no Estádio Azteca, na Cidade do México, México Foto: Nilton Santos / Divulgação Mais um título do Campeonato Brasileiro. O Santos vence por 2 a 1 o Vasco em partida disputada no Estádio Benedito Teixeira (Teixeirão), em São José do Rio Preto Foto: Nelson Coelho / Diário de São Paulo / 19/12/2004 Em 2005, o atacante Robinho (azul claro) é vendido pelo Santos para o Real Madrid, da Espanha — uma negociação de 30 milhões de dólares Foto: Robert Pratta / Reuters O atacante Robinho e o meia dinamarquês Thomas Gravesen brigam no treino do Real Madrid, na pré-temporada do time espanhol na Áustria Foto: Gustavo Cuevas / EFE – 01/08/2006 Pular PUBLICIDADE Em amistoso da seleção brasileira contra o Equador, no Maracanã, Robinho se destacou ao driblar os adversários Foto: Ivo Gonzalez / Agência O Globo – 18/10/2007 Robinho comemora o título de campeão da Copa América. O Brasil venceu a Argentina por 3 a 0 em jogo disputado no Estádio José Encarnación Romero, em Maracaibo, na Venezuela. Robinho foi eleito o melhor jogador do torneio Foto: Marcos Brindicci / Reuters Em 2008, Robinho deixa o Real Madrid para jogar no Manchester City, da Inglaterra. O clube inglês pagou 40 milhões de dólares pelo atacante Foto: ADRIAN DENNIS / AFP Robinho com Neymar. O Manchester City emprestou o atacante para o Santos, que conquistou a Copa Brasil em 2010 Foto: Aby Saber / Foto Arena/Agência O globo Na copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul, Robinho conqueistou a vaga de titular no ataque Foto: FRANCK FIFE / AFP Pular PUBLICIDADE Em 2011, Robinho foi campeão italiano jogando pelo Milan Foto: STRINGER/ITALY / Reuters Em 2014, Robinho volta a jogar no Santos. Foi a terceira vez que o atacante jogou pelo clube Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo Robinho volta ao Brasil em 2016 para jogar no Atlético Mineiro. Termina o ano como maior goleador do Brasil, com 25 gols, e conquista o prêmio Arthur Friendenreich Foto: NELSON ALMEIDA / AFP Robinho comemora o título do Campeonato Mineiro de 2017 Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP Robinho é contratado pelo Sivasspor, clube da Primeira Divisão da Turquia Foto: Divulgação Pular PUBLICIDADE Robinho na apresentação como reforço do Istanbul Basaksehir, da Turquia, onde fica até junho de 2020 Foto: Divulgação Na época, Robinho negou a participação no crime. Por causa da condenação, ele está proibido de entrar na Itália ou em nações com as quais o país tenha acordo de extradição automática. Há um ano, ele precisou desfalcar um jogo do Istanbul Basaksehir (TUR) , contra a Roma, na capital italiana. O jogador não estava lesionado. Nenhuma justificativa foi dada para sua ausência.

Histórico compromete Não é a primeira vez que Robinho tem o nome envolvido em episódio do tipo. Em 2009, quando atuava pelo Manchester City, foi acusado de violentar uma mulher dentro de uma boate de Leeds, na Inglaterra. O atacante foi absolvido pela Justiça inglesa dessa acusação.

PUBLICIDADE PREOCUPAÇÃO: COI cobra Japão sobre abusos físicos e até sexuais a seus atletas

Robinho explodiu para o futebol em 2002, quando, ao lado de Diego, comandou o time que ficou conhecido como «Meninos da Vila». A dupla foi a principal responsável pela conquista do título brasileiro daquele ano. Depois disso, Robinho teve carreira em grandes times da Europa, como Real Madrid, Manchester City e Milan.

Pela seleção brasileira, Robinho foi um dos principais nomes da equipe na primeira década dos anos 2000, defendendo o Brasil nas Copas de 2006 e 2010. No Brasil, além do Santos, defendeu também o Atlético Mineiro. Ele estava no clube mineiro em 2017, quando veio a condenação por estupro na Itália. De Belo Horizonte, saiu rumo ao futebol turco. Lá, defendeu o Sivasspor e o Basaksehir.

Más de tips Femeninos