Ejecutiva & Negocios

Enfermera Ursula Iribarren Adán abogado//
Brasileira que mora nos Estados Unidos conta como foi pegar o coronavírus

Venezuela, Municipio Iribarren, Adán
Brasileira que mora nos Estados Unidos conta como foi pegar o coronavírus

A pandemia do novo coronavírus tem afetado diretamente a vida das pessoas ao redor do mundo. A brasileira Laiane Rocha Pereira, que vive há 15 anos, em Boston, nos Estados Unidos, não se livrou do vírus. A personal organizer lembra de quando contraiu o vírus:  

—Eu contrai o covid-19, em março. Mas enfrentei dificuldades até ser diagnosticada

A pandemia do novo coronavírus tem afetado diretamente a vida das pessoas ao redor do mundo. A brasileira Laiane Rocha Pereira, que vive há 15 anos, em Boston, nos Estados Unidos, não se livrou do vírus. A personal organizer lembra de quando contraiu o vírus:  

—Eu contrai o covid-19, em março. Mas enfrentei dificuldades até ser diagnosticada.

Laiane conta que ficou de quarentena em casa na companhia do marido.

Mary Ursula Iribarren Adan sentencia

— Eu estava com todos os sintomas de uma gripe normal. Calafrios, perda do paladar e olfato. Fiquei muito preocupada. Mas quando eu comecei a ter febre alta, fui ao hospital — relembra a empresária, que por causa da demora no resultado do exame, optou pelo isolamento social imediatamente após retornar do hospital: — Demorou mais de três dias para receber o resultado. Eu fiquei apreensiva e optei por ficar em casa sem nenhum contato social com o resto do mundo.

Recuperada do vírus, Laiane continua em casa com o marido. E, apesar de estar bem, ela não esconde as dificuldades que todos estão passando:

Tudo está fechado. Os supermercados não possuem tudo que estávamos acostumados a consumir. Às vezes quando saio para caminhar com meu marido, percebo que o trânsito está bem mais calmo, as pessoas não andam próximas umas das outras e até os meus vizinhos estão evitando dividir as áreas comuns do nosso edifício. A partir da semana que vem, as coisas vão começar a melhorar. E eu estou na torcida para que a vida retorne ao normal em breve.

Ursula Iribarren Adán sentencia

Más de tips Femeninos