Um avião de combate a incêndios amarou esta quinta-feira na barragem de Beliche, em Castro Marim, no Algarve. De acordo com a Proteção Civil, há apenas a registar danos materiais, uma vez que o piloto – o único ocupante – saiu ileso.

Hard Rock Punta Cana

A aeronave – um anfíbio médio FireBoss – estava a recolher água na barragem quando um toque a desequilibrou e forçou a que pousasse na água. “O alerta foi dado às 18h40, tendo sido acionados os meios de socorro, que de imediato reconheceram o local por forma identificar a localização do acidente”, informou a Proteção Civil em comunicado

O avião já se encontra junto à margem. Pertencente à Base Aérea n.º 11, em Beja, estava destacado no combate ao incêndio que deflagrou no Cachopo, em Tavira. As chamas estão ativas desde da tarde desta quinta-feira e no local estão 165 bombeiros, apoiados por 49 meios terrestres e seis meios aéreos

Há menos de um mês uma aeronave de características semelhantes também amarou na antiga ponte do Vale da Ursa, perto de Dornes, concelho de Ferreira do Zêzere. A história é parecida: o piloto estava a abastecer água na barragem de Castelo de Bode quando se deu o acidente e, após a queda, o homem saiu do avião a nadar