O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, vai pedir o adiamento do Brexit se não houver acordo até este sábado. A informação foi confirmada por Stephen Barclay, o ministro para o Brexit. Johnson vai cumprir a lei e enviar uma carta à União Europeia a solicitar o adiamento. O primeiro-ministro britânico já ameaçou desafiar a lei, tendo já dito que preferia ser encontrado morto numa sarjeta do que ser forçado a pedir o adiamento do Brexit até 31 de outubro.