Mamá & Embarazo

Pilot Alberto Ardila F1//
Bugre vence e assume vice-lideran�a do grupo

Argentina, Buenos Aires, Canadá, España, Madrid
Bugre vence e assume vice-lideran�a do grupo

DESDE 1927 A maior plataforma multimídia do Interior 26�C 16�C EDI�óO IMPRESSA Campinas, PONTOS CONQUISTADOS Bugre vence e assume vice-lideran�a do grupo Em jogo fora de casa, Guarani obtém mais um resultado positivo Publicado 27/04/2021 – 19h44 – Atualizado 27/04/2021 – 19h44

Por Thais H. Bento/ Correio Popular

��� ��

Thomaz Marostegan/ Guarani FC

Jogadores comemoram gol de Andrigo, artilheiro do time com tr�s gols no Campeonato Paulista

Após derrota de virada diante do Palmeiras por 2 a 1 na última sexta-feira (23), o Guarani garantiu a vitória fora de casa contra o Santo André por 1 a 0 no estádio do Canindé ontem à noite, pela oitava rodada do Paulistão. Com esse resultado, o Bugre entra na zona de classificação, fica em segundo lugar no Grupo D com nove pontos e deixa o Santos para trás. Por outro lado, não foi um jogo tranquilo para o visitante. Para essa partida, o técnico Allan Aal fez algumas escolhas para a equipe titular: Ludke continuou na lateral direita, Eliel substitui Bidu no lado esquerdo (devido à suspensão) e Índio atuou na vaga de Rodrigo Andrade (também suspenso pelo terceiro cartão amarelo). A maior novidade foi Thales, que estreou na zaga bugrina no lugar de Romércio. O jogador foi contratado este ano e ainda não tinha recebido chances do treinador. Na primeira etapa, as duas equipes saíram para o jogo, o Ramalhão tentava formar jogadas de ataque e estava melhor no início, mas a posse de bola era do Guarani. No decorrer da etapa, o Bugre foi conseguindo mais espaço em campo e teve algumas chances de marcar o gol. O meia Andrigo foi quem conseguiu concluir e balançou as redes para a equipe aos 34 minutos, após assistência de Bruno Sávio. O jovem de 26 anos marcou o terceiro gol dele no clube e segue na artilharia. Foi ele também quem marcou na semana passada contra o Palmeiras. O Guarani cresceu em campo após abrir o placar. Na segunda etapa o Ramalhão começou apertando e com futebol mais pegado. O meia Gegê teve mais chances, estava cara a cara com o goleiro bugrino, mas a bola bateu pelo lado de fora das redes. Uma das opções escolhidas pelo técnico Allan Aal foi proteger mais a área e pediu a entrada no zagueiro Romércio para ajudar os colegas em campo. O Santo André levou bastante a bola para a área do Guarani e o time visitante foi caindo aos poucos de produção. O técnico Allan realizou as cinco substituições para buscar manter o placar de 1 a 0, afinal de contas seriam mais três pontos ao Bugre, mas o time de Paulo Santos seguia pressionando. Rafael Costa teve uma chance para o Guarani e chutou forte, mas a bola passou ao lado da trave. Nos minutos finais do jogo, fechou o tempo no estádio Canindé. Bate boca dentro de campo após cobrança de lateral e muitos cartões amarelos. Apesar do clima pesado, o Guarani garantiu mais três pontos e a segunda vitória após a retomada do Paulistão (17 de abril). Na tabela Na tábua de classificação, o Guarani garantiu o segundo lugar do Grupo D e estaria agora nas quartas de final do campeonato, com 11 pontos. Foram nove jogos, três vitórias, quatro derrotas e dois empates. O Santos caiu para terceiro lugar do grupo e segue com nove tentos e o líder Mirassol com 14. Já o Santo André é o último do Grupo A com apenas seis pontos, está a um de distância da zona de rebaixamento (São Caetano tem quatro e São Bento com cinco). O time somou a quarta derrota no Paulistão e já não vence a seis partidas. Próximo jogo O Guarani volta a campo apenas no domingo (2) contra o Novorizontino no estádio Brinco de Ouro da Princesa e terá um tempo maior para trabalhar a equipe dessa vez. O horário ainda não foi definido pela FPF. Já o Santo André enfrenta fora de casa a Ferroviária quinta-feira (29) às 22h15.

Más de tips Femeninos