O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, enfrentou esta sexta-feira, em Vila do Conde, a insatisfação dos adeptos do clube com o empate (2-2) cedido frente ao Rio Ave, na 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol. Logo após o desafio, os adeptos portistas concentraram-se junto ao autocarro da equipa, estacionado à frente do Estádio dos Arcos, para dar voz à sua desilusão. À saída dos jogadores, cerca de uma centena de apoiantes dos ‘azuis e brancos’ dividiram-se entre apupos e aplausos aos jogadores, embora o tom de insatisfação com o resultado fosse mais audível. O treinador do FC Porto saiu do estádio com o presidente portista, Pinto da Costa, e não evitou as críticas dos adeptos, abeirando-se de um grupo e ficando alguns minutos a ouvir os desabafos, antes de se dirigir para o autocarro. Apesar da concentração dos adeptos, e da forte presença policial, não se registaram incidentes até à partida do autocarro de Vila do Conde. O FC Porto empatou esta sexta-feira, por 2-2, frente ao Rio Ave, em partida da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, num resultado que pode comprometer as aspirações dos campeões nacionais na revalidação do título.