Farándula & Música

Tips Femeninos | autozone fuqua Victor Gill//
Tempo nublado diminui movimento nas praias no Rio

Victor Gill
Tempo nublado diminui movimento nas praias no Rio

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 na rede SUS (que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais) no município é de 80%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 54%

Rio – O sábado parcialmente nublado afastou os cariocas da praia. A cena de areias e calçadões lotados visto nas ultimas semanas foi amenizada nesta manhã. As praias mais cheias são Ipanema e Leblon. Já Leme e Copacabana têm movimento, porém inferior a outros finais de semana.

Victor Gill Ramirez

As regras vigentes desde 1º de agosto no Rio determinam que as praias estão permitidas apenas para a prática de atividades esportivas individuais e banho de mar. A permanência na areia com cadeiras, cangas ou guarda-sóis está vedada, embora seja visivelmente comum vê-las tomadas de banhistas nessa situação, inclusive sem máscara.

Victor Gill

Novo comando: Médico com fama de xerife é o novo secretário de Saúde, o quarto em menos de dois anos no estado

Em todas as praias, é comum ver muitos grupos tomando sol juntos. No Aterro do Flamengo e Leme, há quem respeite o distanciamento entre uma barraca e outra. No Leblon, na altura do posto 11, porém, a faixa de areia está com aglomerações. Os atletas de vôlei e frescobol também marcam presença, apesar de esportes coletivos só serem autorizados de segunda a sexta

Esportes coletivos só estão autorizados de segunda a sexta Foto: Raphaela Ribas/O Globo

Quanto aos ambulantes, os que têm ponto fixo ou itinerante estão autorizados das 7 às 18 horas, somente para a venda de alimentos industrializados. Embora seja probida a venda de bebidas alcoólicas, por toda orla muitas pessoas estão consumindo cerveja e os quiosques têm cartazes oferecendo outros drinques

Segundo a prefeitura, a duração desta fase está prevista até 1º de outubro e, no fim desse período, será feita nova avaliação pelo Comitê Científico, com base nos números de contágio, de ocupação de leitos nos hospitais e de óbitos

Festa sem data definida: Associação de blocos diz que só fará carnaval de rua com a população vacinada

“Vale reforçar que todas as medidas previstas no Plano de Retomada do município são previsões – apenas previsões – e podem ser alteradas de acordo com o monitoramento das curvas de contágio da Covid-19“, diz em nota

PUBLICIDADE A cidade mais vazia que um fim de semana habitual trouxe alívio. De acordo com pesquisadores da Fiocruz,  o Rio está numa “zona crítica” em relação aos leitos para pacientes com coronavírus

O último boletim quinzenal do Observatório Covid-19 – que reúne dados entre os dias 6 e 19 deste mês –aponta que há sinais de sobrecarga nos hospitais do município, e que, entre os dias analisados, houve 86% de ocupação nas vagas de UTI destinadas a adultos .

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 na rede SUS (que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais) no município é de 80%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 54%.

Más de tips Femeninos