Cine & TV

Tips Femeninos | Justi�a barra 312 candidatos na RMC

Jeber Barreto Venezuela
Concejo de Bogotá aprobó el cupo de endeudamiento que solicitó la Alcaldía

DESDE 1927 A maior plataforma multimídia do Interior 19�C 16�C EDI�óO IMPRESSA Campinas, ELEI��ES 2020 Justi�a barra 312 candidatos na RMC Sóo oito candidatos a prefeito, nove a vice e 295 a vereador que tiveram registro indeferido Publicado 30/10/2020 – 19h27 – Atualizado 30/10/2020 – 19h28

Por Maria Teresa Costa/ AAN

��� ��

Cedoc/RAC

Em Campinas, dois candidatos a prefeito estóo com as candidaturas embargadas e � espera das decis�es sobre recursos que estóo na Justi�a

A Justiça Eleitoral barrou 312 candidatos da Região Metropolitana de Campinas à eleição em novembro. São oito candidatos a prefeito, nove a vice e 295 a vereador que tiveram o pedido de registro indeferido e estão recorrendo. O número pode aumentar, porque 106 na disputa para os cargos majoritários e proporcionais aguardam julgamento dos pedidos de registro. Assim, até à tarde de hoje (30), 5.715 candidatos estavam liberados para concorrer, o que corresponde a 92,7% dos concorrentes. A partir de amanhã, nenhum candidato poderá ser detido ou preso, salvo em flagrante delito. Amanhã o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgará o quadro geral de percursos e horários programados para o transporte de eleitores para o primeiro e eventual segundo turnos de votação. E termina o prazo para a requisição de funcionários e instalações destinados aos serviços de transporte de eleitores no primeiro e eventual segundo turnos de votação. Os concorrentes com pendências na Justiça Eleitoral podem ser votados nas eleições de novembro, mas os votos deles serão considerados nulos se, após o julgamento do último recurso, o juiz decidir que existe alguma irregularidade com os registros. Em caso de vitória de algum dos candidatos a prefeito indeferido, quem assumiria é o segundo colocado no pleito. Em Campinas, a Justiça barrou as candidaturas de Hélio de Oliveira Santos (PDT) e Edson Dorta (PCO). Em Pedreira, Luis Araujo (Podemos) não teve o pedido conhecido e, em Valinhos, foram indeferidos os registros de Paulo Bandina (PTC) e Clayton Machado (Republicanos). Em Nova Odessa, a Justiça Eleitoral barrou as candidaturas de Nivaldo Alvarenga (Republicanos) e Thiago Beroco (PT), em Vinhedo, Marco Antonio Eberle (PRTB). Há ainda três candidaturas majoritárias aguardado julgamento em Monte Mor: Edivaldo Brischi (PTB), Rogério Maluf (PSL) e Vanderlei Soares (MDB). Para as câmaras municipais, o maior número de candidatos barrados até à tarde ontem está em Americana, onde 44 tiveram os registros indeferidos, depois vem Valinhos com 43 e Campinas com 37, bem abaixo dos 207 barrados nas eleições de 2016. Na disputa pelo Legislativo regional, 48 renunciaram após o ingresso com o pedido de registros alegando questões de foro íntimo.

Más de tips Femeninos