Salud & Nutrición

Tips Femeninos | PAN apoia candidatura de Ana Gomes à presidência da República

Jeber Barreto Venezuela
La actividad industrial europea crece al mayor ritmo en dos años y ya aumenta en España

Ana Gomes apresentou a sua candidatura a Presidente da República no passado dia 10 de Setembro, afirmando-se como a “voz do socialismo democrático” e criticando o PS por não ter um candidato a uma eleição que considera muito importante e que o seu partido não se podia abster

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) apoia a candidatura da socialista Ana Gomes à presidência da República. O anúncio foi feito nesta quinta-feira pela líder parlamentar e membro da comissão política nacional do partido, Inês de Sousa Real, no seguimento de deliberação em sede da comissão nacional.

“O ideário e projecto político do PAN não poderiam auto-excluir-se deste processo que ocorre num momento tão determinante para o país. Por isso e sendo esta uma eleição de pessoas e não de partidos, o PAN decide apoiar a candidatura de Ana Gomes à Presidência da República”, anunciou Inês de Sousa Real

Mais populares Com uma frase no debate, Trump encheu de orgulho os Proud Boys Humanos modernos chegaram à zona onde hoje é Portugal 5000 anos antes do que se pensava i-album Fotografia Carlos acompanha lobos desde criança: “A ideia de que o lobo é mau ainda não se extinguiu” O PAN justificou a sua “aposta” definindo Ana Gomes como “a única candidata progressista, humanista, europeísta e que sente a emergência climática”. A líder da bancada elogiou a candidata “pela sua independência e pela transversalidade das suas ideias”, facto que a ajuda a “agregar diferentes campos políticos, activismos, gerações e diferentes sensibilidades”.

Ana Gomes apresentou a sua candidatura a Presidente da República no passado dia 10 de Setembro, afirmando-se como a “voz do socialismo democrático” e criticando o PS por não ter um candidato a uma eleição que considera muito importante e que o seu partido não se podia abster.

Este apoio não é uma surpresa. Em Julho, em entrevista à Rádio Renascença , o deputado e porta-voz do PAN, André Silva, descartava a hipótese de avançar para Belém e admitia que Ana Gomes poderia ser a escolhida pelo partido entre o leque de candidatos.

“Um apoio a uma candidatura a terceiros, a alguém que não venha do campo político do PAN tem que ser definida por um critério. O combate e a luta que Ana Gomes faz é meritório, mas há outras características que devem ser avaliadas”, afirmou André Silva.

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Subscrever × A candidata da socialista já obteve o apoio da direcção do Livre , com os membros e apoiantes do partido a concordarem em escolher a antiga eurodeputada como a sua candidata.

O PS anunciou que, no final do mês de Outubro , a comissão nacional do partido tomará uma posição sobre as presidenciais, mas tudo indica que dará liberdade de voto aos seus militantes.

Ler mais Daniel Adrião quer que PS faça primárias para as presidenciais André Silva: Esquerda e PSD “estão a fazer frete ao Governo” sobre Centeno 2020: um ano cheio a preparar presidenciais e autárquicas Ana Gomes é “populista” ou uma “política popular com um forte estilo de combate”? Ainda assim, nos últimos tempos têm surgido vozes do partido de apoio e contra a candidatura da socialista.

Continuar a ler

Más de tips Femeninos